Multas obrigam PMEs a profissionalizar gestão financeira

67% das empresas não recebem qualquer tipo de relatório ou consultoria de seu contador

Segundo levantamento do Nibo, quase 70% das companhias não recebem qualquer tipo de relatório contábil; estudo revela também que uma em cada três companhias já foi autuada por conta da má comunicação com a contabilidade

Um dos grandes entraves para o desenvolvimento das pequenas e médias empresas no Brasil é a falta de gestão financeira estratégica. Embora haja um processo – ainda que lento – de profissionalização do modelo de administração de recursos, as PMEs ainda buscam melhorar sua comunicação com o setor contábil, sobretudo quando contam com terceiros para esse serviço.

Segundo pesquisa realizada pela consultoria Nibo, especializada no desenvolvimento de plataformas de gestão financeira às PMEs e integração contábil para contadores, 67% das empresas não recebem qualquer tipo de relatório ou consultoria de seu contador. O estudo revela ainda que uma em cada três companhias já pagaram multas por conta da má comunicação com o serviço externo de contabilidade. Algumas empresas apontam que não conseguem enviar as informações necessárias e completas a tempo para a contabilidade.

Para realizar o levantamento, o Nibo ouviu cerca de 300 gestores de pequenas e médias empresas espalhadas por todo o território nacional. As companhias que responderam a pesquisa com mais de 20 questões relacionadas à gestão financeira possuíam de um a mais de 100 colabores em seus quadros.

Mais de 20% das PMEs afirmaram que podem trocar o contador nos próximos seis meses. Uma das razões pode ser explicada pela ausência da proximidade entre o prestador de serviço e o gestor do negócio, independente do tamanho da companhia. Segundo o levantamento, 70% das organizações com menos de 50 funcionários não recebem qualquer tipo de relatório financeiro.

Empresas com mais de 50 colaboradores também registram essa ausência de relatórios, com um índice de 47% de respostas afirmativas. Do total de entrevistados, mais da metade afirmou não gostar do trabalho de seu contador.

Na avaliação das ferramentas utilizadas para a gestão financeira das PMEs, a pesquisa constatou que 50% das pessoas que fazem o trabalho à mão não sabem ou têm uma vaga ideia de quanto há no contas a pagar. E 25% desconhecem o atual saldo bancário.

A pesquisa aponta ainda que 21% das pessoas que utilizam planilhas do Excel também não sabem quanto devem no contas a pagar. E 71% dos que já pagaram multas por causa de seus contadores fazem uso dessa ferramenta para organizar as finanças.

Já quem utiliza plataformas de gestão financeira, a consulta aos relatórios é bastante recorrente. Mais de 65% dos gestores acessam esses softwares pelo menos três vezes por semana. Com Excel, esse número cai para 56%. No papel, vai para 42%.

Fonte: www.nibo.com.br, 12/12/2014

Rua 107 nº 151 - Setor Sul
CEP: 74.085-060 - Goiânia - GO
Horário de atendimento:
8h às 18h
Tel: (62) 3240-2211