XII Convenção de Contabilidade é marcada por grandes palestras e público maciço

A cada dois anos, o Conselho Regional de Contabilidade realiza a Convenção de Contabilidade de Goiás, o principal evento da classe contábil goiana. O ano de 2017 está sendo marcado como a maior edição de todos os tempos, com a presença de mais de 500 pessoas. Realizado no Centro de Cultura e Convenções de Goiânia, a XII Convenção de Contabilidade de Goiás tratou do tema Contabilidade: Ética e Transparência a serviço da Sociedade, que ocorreu nos dias 24 e 25 de agosto.

O presidente do CRCGO, Edson Bento dos Santos, deu boas vindas a todos os participantes do evento, que também contou com a presença do vice-presidente de Política Institucional do CFC, Joaquim Bezerra, de ex-presidentes do CRCGO, representantes do Sistema CFC/CRCs, Governo de Goiás, Tribunal de Contas dos Municípios, Tribunal de Contas do Estado, Prefeitura de Goiânia, Prefeitura de Aparecida de Goiânia, Ministério da Fazenda, Controladoria Geral do Estado de Goiás, Febrapam, Ministério Público de Goiás, Sescon-Goiás, Secretaria Estadual da Fazenda, Associação de Bancos, Câmara de Vereadores de Goiânia, Câmara de Vereadores de Aparecida de Goiânia, Receita Federal, SCESGO, Juceg, Sindilojas, Sicred, Conselho Regional de Odontologia, 1ª Câmara de Conciliação e Mediação e Conselho Regional de Administração.

O evento também contou com o apoio da Fundação Brasileira de Contabilidade, Tribunal de Contas dos Municípios, Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público de Goiás, governo de Goiás, prefeitura de Aparecida de Goiânia, e teve as parcerias do Conselho Federal de Contabilidade, Soluti, Alterdata, Netspeed, Certisign, Sescon-GO, Tron, Costa Brava Projetos e Construções, Ipog, UniAnhanguera, eBits, Senar-GO, Thomson Reuters e ASBAN.

Em seu discurso, o presidente do CRCGO, Edson Bento, aproveitou a ocasião para novamente cobrar da parte do governo estadual um posicionamento acerca da Lei de Responsabilidade Solidária do Contabilista em Goiás. “Estamos aqui, nesta Convenção, novamente solicitando a revogação da referida Lei. A alteração do Código trata da responsabilização do contabilista junto ao contribuinte que, por seus atos e omissões, concorram à prática de infração à Legislação Tributária. O contabilista, no momento em que sofre o auto de infração, precisa comprovar que não houve fraude. Há de se deixar claro que a nossa intenção não é a de defender os profissionais que agem de má fé, mas há de se reconhecer que este entendimento da Lei gera alguns desconfortos. O contabilista, por não ser o gestor da empresa, não possui responsabilidade pela condução dos negócios. Sendo assim, o profissional da contabilidade, ao fazer uso das técnicas contábeis, para escriturar e registrar documentos contábeis de qualquer entidade, se limita na sua responsabilidade técnica”, afirmou.

O evento teve seu início com a palestra magna “Brasil: Qual a Saída?”, ministrada pela jornalista da Globo News, Cristiana Lôbo, e mediada pelo vice-presidente de Política Institucional do CFC, Joaquim Bezerra. Logo em seguida, foi a vez da apresentação do Painel Compliance no Âmbito da Contabilidade Pública, com a mediação do coordenador da Comissão Permanente de Estudos e Desenvolvimento da Contabilidade Pública do CRCGO, e secretário de Transparência, Fiscalização e Controle de Aparecida de Goiânia, Einstein Paniago, e participação do presidente do TCM, Joaquim Alves de Castro Neto, o vice-presidente do TCE, Celmar Rech, o secretário-chefe da CGE, Adauto Barbosa Júnior, e a auditora de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda, Gildenora Milhomen.

No período da tarde, o Painel Desafios para atuação em Recuperação Judicial na visão tripartite: Magistrado, Perito e Advogado, foi mediado pela presidente da Febrapam, Sandra Batista, e participação do advogado Renaldo Limiro, o juiz de Direito Dr. J. Leal de Sousa, e o conselheiro do CRCRJ, Jarbas Barsanti. Na manhã do dia 25 de agosto, o especialista contábil Vicente Sevilha, abriu a edição da XII Convenção com a palestra Empreendedorismo na Profissão Contábil. O momento marcante no final da manhã foi a posse da diretoria e membros da Academia Goiana de Ciências Contábeis, que foi seguida da palestra Lei Anticorrupção, ministrada pelo doutor PhD em Finanças e presidente da Agocicon, Fábio Almeida.

O Painel Precificação de Serviços Contábeis: Gerindo Resultados na Era Digital teve a participação dos painelistas Francisco Lopes – presidente do Sescon-GO, o especialista em Contabilidade, Michel Lopes, e do mestre em Contabilidade Wellington do Carmo. O ciclo de palestras e painéis da XII Convenção de Contabilidade de Goiás terminou com a ministração da palestra A Importância da Lei da Ficha Limpa para a Ética Pública e as Contas Governamentais, proferida pelo membro e fundador do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, Marlon Reis. O show da banda Noys é Noys fez o encerramento do grande evento.

Clique aqui para ter acesso à Galeria de Fotos da XII Convenção de Contabilidade de Goiás

Fonte: Assessoria de Imprensa CRCGO – Izadora Louise

 

Rua 107 nº 151 - Setor Sul
CEP: 74.085-060 - Goiânia - GO
Horário de atendimento:
8h às 18h
Tel: (62) 3240-2211