CRCGO faz alerta a delegacia de polícia para inibir crimes contra a ordem tributária que vem prejudicando o trabalho dos profissionais contábeis

O presidente do Conselho Regional de Contabilidade de Goiás (CRCGO), Rangel Francisco Pinto, se reuniu, no dia 20 de dezembro, com a delegada da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT), Fabiana Mancuso Roda Ganga.

Durante o encontro, o presidente Rangel Francisco alertou a delegada Fabiana Mancuso acerca de práticas irregulares e criminosas que tem prejudicado o trabalho dos profissionais contábeis, como o fato de pessoas oferecerem aos empresários créditos inexistentes de PIS COFINS monofásico, vendas de créditos inexistentes, migração de empresas para o lucro real com compra de notas fiscais frias, abertura de empresas e máquinas de cartão de crédito em nome de terceiros, entre outros.

O presidente Rangel Francisco Pinto pediu apoio da DOT para inibir e investigar crimes contra a ordem tributária e também maior atenção a esses casos, dado que, essa prática está prejudicando o trabalho dos contadores.

A delegada pediu que os contadores façam as denúncias na DOT e com provas. A denúncia pode ser anônima, porém é necessário que seja feita para que a Polícia Civil possa abrir uma investigação contra esse tipo de crime.  A delegada Fabiana Mancuso afirmou ainda que já consta em aberto alguns inquéritos policiais nesse mesmo sentido e pede ajuda e apoio dos contadores.

A reprodução deste material é permitida desde que a fonte seja citada.

Fonte: Assessoria de Imprensa CRCGO – Camila Pedroso

Rua 107 nº 151 - Setor Sul
CEP: 74.085-060 - Goiânia - GO
Horário de atendimento:
8h às 18h
Tel: (62) 3240-2211